Whirlpool doa ventiladores pulmonares

Companhia direcionou esforços para frentes de respiradores e tem atuado em prol das comunidades, com ações que somam R﹩ 5 milhões

Com a pandemia do novo Coronavírus, a Whirlpool, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, implementou diversas medidas para garantir a saúde e segurança de seus colaboradores, além de prestar assistência às comunidades onde está inserida. Na última semana, foram doados 5 ventiladores pulmonares ao Hospital Municipal São José em Joinville, que está passando por um momento crítico no combate à Covid-19.

 

Whirlpool doa ventiladores pulmonares (Foto: Agência Petrobras)

 

“Dentro do cenário que vivemos e alinhados aos nossos valores, entendemos que nossa responsabilidade vai além das atividades do nosso negócio. Como uma empresa presente no cotidiano de milhares de brasileiros, olhamos à nossa volta para entender como aumentar nossa contribuição. Entre as nossas ações sociais, que já somam R﹩ 5 milhões, as iniciativas que visam o aumento da disponibilidade de respiradores para as comunidades são fundamentais”, comenta João Carlos Brega, presidente da Whirlpool na América Latina.

Em outras frentes de respiradores, a partir da união da experiência em inovação, desenvolvimento de produtos, expertise em produção e cadeia de fornecedores, embasada na metodologia WCM – Manufatura de Classe Mundial -, a companhia vem atuando em conjunto com instituições públicas e privadas. Em Joinville, um projeto em parceria com a FIESC e o SENAI já entregou mais de 60 aparelhos consertados para os hospitais do Estado de Santa Catarina. Intermediada também pelo SENAI, a Whirlpool contribuiu com sua expertise para que a Novitech Equipamentos Médicos, empresa especializada no desenvolvimento de respiradores artificiais, aumentasse sua capacidade de produção em 2.500%, em pouco mais de um mês de cooperação.

Ao todo, a Whirlpool já doou mais de 600 produtos, mais de 5 mil cestas básicas e de higiene, mais de 230 mil máscaras de pano, cirúrgicas e face shields, este último tipo sendo produzido nas unidades fabris da companhia, além de aportes financeiros a hospitais e instituições sociais.

 

 

 

Por: Caroline Rullo

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *