Prefeitura de Joinville discute combate à violência contra a mulher na área rural

Prefeitura de Joinville discute combate à violência contra a mulher na área rural
Prefeitura de Joinville discute combate à violência contra a mulher na área rural

Na sexta-feira (16), as famílias da área rural de Joinville estão convidadas a participar da Roda de Conversa “Mais amor, menos ódio, chega de violência contra a mulher”.

O evento acontecerá das 13h30 às 17h30 na Unidade de Desenvolvimento Rural (UDR) da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Joinville (SAMA), localizada na Rodovia SC 418, Km 1, Pirabeiraba (antiga Fundação 25 de Julho).

A realização é da Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), em conjunto com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e Governo do Estado de Santa Catarina.

Alusiva ao “Agosto Lilás”, mês que celebra a promulgação da Lei Maria da Penha e que é dedicado ao combate à violência contra a mulher, a Roda de Conversa terá em sua programação palestra com o tema “Mais amor, menos ódio”, conversa sobre igualdade de direitos, diálogo sobre a “cultura da masculinidade” e vivência com atividade de comunicação defensiva.

De acordo com a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres da SAS, Ana Aparecida Pereira, a Roda de Conversa é um evento para homens, mulheres, crianças e adolescentes, e que visa disseminar a cultura da não violência para toda a família.

“Queremos que a mensagem ‘mais amor, menos ódio’ seja o dispositivo para a mudança de paradigmas. Vamos levar informação, mostrar as formas de acesso, as possibilidades para se coibir a violência”, afirma Ana Aparecida.

Durante a “Roda de Conversa” haverá atividades que serão realizadas por todo o grupo, assim como discussões direcionadas aos públicos feminino e masculino. Também haverá atividades de recreação para as crianças.

A participação na Roda de Conversa “Mais amor, menos ódio, chega de violência contra a mulher” é gratuita e não é preciso se inscrever com antecedência.

O evento contará com a participação e apoio do da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), Instituto Tachibana de AIKIDO (ITA), Centro Universitário Católica de Santa Catarina, Faculdade Guilherme Guimbala (ACE), Gidion e Transtusa.

 

 

Por: Secom
Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *