Universidades e as profissões do futuro

 

 

Existe uma defasagem entre os profissionais formados nas universidades em comparação as exigências do mercado de trabalho. Esse distanciamento pode provar reflexos na economia porque engloba a hélice quadra: a academia, as pessoas e os setores produtivo e público. A boa prática da governança, aliada à gestão e a preparação humana exige que os líderes das áreas educacionais identifiquem as necessidades do mercado de trabalho, pensando anos à frente. Também se fazem necessários cursos intensivos para as exigências imediatas do setor empresarial.

 

“É preciso pensar na educação atendendo a revolução digital, a integração do mundo físico, com o biológico e o digital.”

 

Os profissionais do futuro precisarão ter flexibilidade, capacidade de adaptabilidade, resiliência e proatividade. E para as profissões, àquelas que serão bastante demandadas, têm vínculo com a tecnologia, análise de dados e gestão de inovação. Também irão surgir os consultores previdenciários, de qualidade de vida e de entretenimento, porque a população idosa vai aumentar exponencialmente no país. O detetive de dados e o policial virtual tendem a ser especializações na área de segurança pública. E surgirão ainda as profissões ligadas à adaptação de conteúdos para internet e ganharão força áreas de terapia e saúde mental.

Segundo dados do Ministério da Educação, há um crescimento do ensino à distância, em detrimento da formação presencial. As universidades públicas têm ociosidade de vagas e as privadas também. É preciso pensar na educação atendendo a revolução digital, a integração do mundo físico, com o biológico e o digital. Haverá ainda uma mudança cultural, nas relações humanas e nos hábitos das pessoas.

 

ACONTECEU NA ACIJ >> Joinville possui 34 instituições de ensino superior na cidade, com 36.491 acadêmicos matriculados, sendo 65% estudam presencialmente, mas há uma tendência de crescimento do ensino à distância. A meta do Plano Nacional de Educação é ter 33% de jovens matriculados no ensino superior até 2024. Os dados foram expostos pela reitora da Universidade da Região de Joinville (Univille), doutora Sandra Furlan. Na foto: Udo Döhler (prefeito de Joinville); João Joaquim Martinelli (presidente da ACIJ); Sandra Furlan (reitora da Univille)
ACONTECEU NA ACIJ >> Joinville possui 34 instituições de ensino superior na cidade, com 36.491 acadêmicos matriculados, sendo 65% estudam presencialmente, mas há uma tendência de crescimento do ensino à distância. A meta do Plano Nacional de Educação é ter 33% de jovens matriculados no ensino superior até 2024. Os dados foram expostos pela reitora da Universidade da Região de Joinville (Univille), doutora Sandra Furlan. Na foto: Udo Döhler (prefeito de Joinville); João Joaquim Martinelli (presidente da ACIJ); Sandra Furlan (reitora da Univille)

 

 

Agenda

 

ERGONOMIA: Horas de jornada de trabalho em frente aos computadores, bastante tempo sentado e outros fatores podem prejudicar a saúde dos colaboradores. O Núcleo de Segurança e Saúde no Trabalho vai promover na quarta-feira, 30, a terceira edição do seminário de ergonomia e qualidade de vida. Traga sua equipe e participe com a doação de dois litros de leite. A programação inclui prática de meditação, tecnologias para melhorar as condições de trabalho e ginástica laboral.

PENSADOR: Está prevista a presença do vice-presidente da República Federativa do Brasil, Hamilton Mourão, na ACIJ, nesta quinta-feira, 31. Conjuntura do país será o tema abordado em palestra para convidados: empresários associados, autoridades e setor produtivo da região Norte do Estado. Mourão, com vasto conhecimento intelectual, vai falar sobre a conjuntura do país e os desafios do Brasil no mundo do século 21. É onisciente em história e geopolítica de outras nações; versa sobre as ameaças transacionais, estratégias militares, política e expõe metas do governo para tornar o país a grande civilização abaixo da Linha do Equador.

 

 

 

 

DIGITAL: Na sexta-feira, 1, às 8h, o Núcleo de Marketing promove um encontro com influenciadores digitais de Joinville para debater como eles podem contribuir na estratégia das empresas. Cinco profissionais irão contar suas histórias e experiências desse novo perfil de fazer propaganda dos negócios, produtos, marcas e estilos de vida. Participarão a Ale Lobo, a Barbara Uber, a Paty Soethe, a Rejane Gambin e o Caio Yamaguchi.

AUTOMOBOLÍSTICA: No dia 4 de novembro, às 18h30, a ACIJ recebe o presidente da Mercedes-Benz do Brasil & Daimler Latin America, Philipp Schiemer. CEO da empresa desde 2013 e com conhecimento amplo da indústria automobilística, Schiemer vai abordar a presença da Mercedes-Benz no mundo 4.0 e a liderança de mercado na fabricação de caminhões. É uma palestra pública, gratuita, com abordagem em tecnologia, conectividade e na quarta revolução tecnológica.

NÚMEROS: Passaram pela ACIJ até o dia 30 de setembro 55 mil pessoas em eventos, núcleos, capacitação, locação, reuniões. Hoje são 10 mil pessoas que utilizam o Útil Card, o cartão de benefícios da entidade. A capacitação empresarial ofereceu 115 cursos a 3,8 mil pessoas.

 

 

 

BOA VISTA:  Empresários podem evitar inadimplência e reduzir riscos financeiros com serviço disponível na ACIJ. Podem ser realizadas consultas a operações financeiras de CPFs CNPJs; também é possível realizar a negativação e, com ela, efetuar a cobrança de débitos. Com os serviços da Boa Vista SCPC, 371 empresas associadas que usam a solução empresarial realizaram 24 mil consultas e, em busca do mesmo serviço, 750 pessoas foram atendidas pessoalmente no balcão da entidade. Em 2018 eram 342 usuários.

PRESENTE: Útil Natal é um cartão de benefício gratuito e exclusivo para colaboradores das empresas vinculadas a entidade. Em vez de cestas ou do tradicional peru, as companhias poderão presentear colaboradores com o benefício, sendo possível creditar qualquer valor no cartão pré-pago. Os colaboradores poderão usar os recursos em restaurantes, supermercados, panificadoras e postos de combustíveis. Informe-se na ACIJ.

CONVÊNIOS: A ACIJ e a Unisociesc fecharam parceria em benefício de empresas associadas, seus proprietários, dependentes e todos os funcionários devidamente registrados. Para ter acesso aos descontos em pós-graduações e MBAs, de 10% a 40% sobre o valor total, o acadêmico deve apresentar na secretaria da instituição, a declaração de que a empresa é associada da ACIJ,  identidade, CPF, comprovante de residência e diploma da graduação.

EDUCAÇÃO: A ACIJ tem convênio com instituições de ensino variam de 5% a 40% sobre o valor total pago pelo estudante. São elas: Centro Educacional BSSP; Centro Universitário Católica de Santa Catarina; Faculdade de Tecnologia Assessoritec, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac); Faculdade Senai Joinville; Universidade da Região de Joinville (Univille); Unisociesc; e Sustentare Escola de Negócios.

 

 

Você sabia? O número de empresas ativas em SC até 1 de outubro era de 833.233. Desse total, 60% são empreendedores individuais, enquanto 6,7% são individuais de responsabilidade limitada e as de sociedade limitada representam outros 31,5%. Somados, essas categorias representam 98,2% dos CNPJs do estado – Fonte: SDE.

 

 

 

 

 

 

Por: ACIJ Notícias

Educa Mais Brasil

Mais notícias

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *