Tupy integra Associação Brasileira de Hidrogênio

A ABH2 – Associação Brasileira do Hidrogênio reúne interessados em discutir pesquisa científica, inovação, desenvolvimento tecnológico e a evolução da indústria de hidrogênio

Dentro das iniciativas de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) que vem sendo conduzidas pela Tupy, uma esfera importante é a jornada de descarbonização dos produtos que serão utilizados por seus clientes nas próximas décadas, sustentada por multicombustíveis. Dentre eles, tem destaque o hidrogênio, discussão liderada no País pela Associação Brasileira de Hidrogênio (ABH2).

Ao se associar, a Companhia passa a apoiar a entidade na promoção do desenvolvimento de estudos e pesquisas científicas, tecnológicas e inovadoras a fim de fortalecer a indústria de hidrogênio no Brasil.

“Temos nos dedicado a testar e desenvolver novos materiais e geometrias que permitam a utilização mais eficiente dos combustíveis alternativos para contribuir com a descarbonização. Com o uso de H2 verde, por exemplo, existe o potencial de zerar as emissões de CO2 ou muito próximo a isso. Integrar a ABH2 nos aproxima de outros atores que estão discutindo o tema”, destaca Fernando de Rizzo, CEO da Tupy.

Essa inciativa é parte do planejamento estratégico da Tupy, que possui duas novas frentes de trabalho: a Tupy Tech, concentrada em projetos de P&D disruptivo para as oportunidades que possam ganhar ênfase mercadológica e serem escaláveis, e a Tupy UP, que visa converter, acelerar e escalar oportunidades em novos negócios e promover melhorias nos existentes, por meio da inovação e da transformação digital.

 

Sobre a Tupy

Multinacional brasileira que desenvolve e produz componentes estruturais em ferro fundido de elevada complexidade geométrica e metalúrgica. Essas soluções de engenharia são aplicadas nos setores de transporte, infraestrutura, agronegócio e geração de energia e contribuem com a qualidade de vida das pessoas, promovendo o acesso à saúde, ao saneamento básico, à água potável, à produção e distribuição de alimentos, ao comércio global. A inovação tecnológica envolvida na produção e na criação destas peças é a especialidade da empresa, em seus mais de 80 anos de história. Sua produção se concentra nas fábricas brasileiras, em Joinville/SC e Mauá/SP, e no exterior, nas cidades de Saltillo e Ramos Arizpe, no México. Além disso, possui escritórios comerciais em São Paulo, EUA e Alemanha.

 

 

Por: Jair Morello

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *