canal_cidade

Sub-15 e Sub-17 perdem para o Avaí

Sub-15 e Sub-17 perdem para o Avaí
Sub-15 e Sub-17 perdem para o Avaí

 

Na tarde desta quinta-feira (06) as equipes Sub-15 e Sub-17 do JEC receberam o Avaí, para mais uma rodada do Catarinense Infantil e Juvenil. Mesmo jogando em casa, os garotos do Morro do Meio acabaram sofrendo duas derrotas.

Os garotos da equipe Sub-15, comandados pelo técnico Jerson Testoni, entraram em campo primeiro. O primeiro tempo foi todo do JEC, com pelo menos quatro chances claras de gol criadas. Porém, faltou efetividade para o ataque Tricolor. Na segunda etapa eles mantiveram o bom desempeno, mas após uma falta não marcada pelo juiz a equipe da Avaí teve um bom contra-ataque, conseguindo definir o placar da partida em uma bola: 1×0.

Na visão de Jerson, a partida foi bem equilibrada o que deixa o treinador feliz pela capacidade que seus atletas tem mostrado possuir. “Achei que foi um jogo equilibrado, e uma coisa que a gente passa para esses meninos é que em jogos equilibrados não podemos perder oportunidades. Tivemos oportunidades e não conseguimos matar o jogo, mas o processo de evolução desses atletas é o que me deixa feliz, a gente consegue jogar de igual para igual com essas equipes.”

O Sub-17, comandado pelo técnico Juari, também teve um bom inicio de jogo mesmo saindo atrás no placar. O poder de reação foi rápido, Christian fez boa jogada individual e lanço Antony, que na cara do gol bateu de chapa, na saída do goleiro. Tudo igual no marcador: 1×1. Só que no fim da primeira etapa, após uma bobeada da zaga Tricolor o Avaí desempatou o placar. O segundo tempo foi de muita pressão do JEC, com o Leão aproveitando os contra-ataques. Os garotos chegaram a marcar dois gols, anulados pela arbitragem, além de uma finalização cortada em cima da linha pela defesa do Avaí. E em um contra-ataque, os visitantes deram números finais a partida: 3×1

Para Juari, o JEC acabou falhando na hora de finalizar as jogadas e esse detalhe definiu o placar da partida. “Clássico, com o nome próprio já diz é um jogo de detalhe, com a atenção lá em cima, concentração total e a equipe até manteve um nível alto de concentração, mas pecou no detalhe. Hoje, foi o detalhe da efetividade dos gols que nós não fizemos. A gente perdeu para nós mesmos, por falta de botar a bola para dentro. Agora é trabalhar e pensar no próximo jogo”, disse.

A próxima partida das equipes é na sábado (22), contra o Inter de Lages, fora de casa.

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *