Segurança é responsabilidade de todos

Segurança é responsabilidade de todos

 

 

Nesta terça-feira completa uma semana da decisão judicial que proíbe o Presídio Regional de Joinville de receber presos. O argumento é de que a unidade está com superlotação e não se quer aqui, fato semelhante ao ocorrido em Manaus. Bastaria que os amantes do patrimônio alheio ou que não valorizam a vida, passassem a ter atitudes socialmente aceitáveis e não precisariam passar pelo desconforto dos presídios. É complicado para o nosso trabalhador entender que o apenado, depois da audiência de custódia, terá de ser posto à disposição do Estado e, então lhe prover um local para ressocialização – o que ele entende é que o criminoso tem de ser preso.

 

Ter atitudes socialmente aceitáveis e não precisariam passar pelo desconforto dos presídios

 

A unidade prisional teve sua capacidade ampliada em 147 vagas no ano passado e recebeu outras adequações como o ambulatório; tem licitação suspensa orçada em R$ 11 milhões para reforma e ampliação. Há nova unidade feminina sendo construída para receber 283 mulheres no modelo da Penitenciária Industrial Jucemar Cesconetto. Espera-se eficiência no andamento dessas obras e, principalmente, rapidez na reabertura da nova licitação. Embora o Governo do Estado seja o detentor da administração dos espaços com apenados, a segurança é um direito e responsabilidade de todos.

Compreendemos que a decisão judicial, embora tecnicamente correta e atenda à defesa dos direitos humanos dos presos, coloca em risco a segurança da comunidade. De todo modo, sentença judicial não se discute. Cumpre-se. Percebe-se o reflexo nas delegacias com a redução do ritmo dos trabalhos da polícia em não fazer novas prisões porque o local feito para receber presos está fechado. A Associação Empresarial de Joinville (ACIJ) corrobora com a necessidade de investimentos para suprir a demanda de vagas no sistema prisional, para que outras decisões judiciais semelhantes não precisem ser tomadas, prejudicando a segurança da cidade.

 

 

A ACIJ formalizou a doação de 21 macas ao Hospital São José durante a celebração de 113 anos da unidade de saúde. Na ocasião, o vice-presidente da entidade, empresário Ovandi Rosenstock assegurou a doação de mais sete. Na foto, diretor-presidente do Hospital São José, Jean Rodrigues da Silva; Rosenstock; prefeito Udo Döhler
A ACIJ formalizou a doação de 21 macas ao Hospital São José durante a celebração de 113 anos da unidade de saúde. Na ocasião, o vice-presidente da entidade, empresário Ovandi Rosenstock assegurou a doação de mais sete. Na foto, diretor-presidente do Hospital São José, Jean Rodrigues da Silva; Rosenstock; prefeito Udo Döhler

 

 

NEUROCIÊNCIA: Marcelo Peruzzo é autoridade na área de neurogestão e marketing digital. Ele estará na ACIJ na quinta-feira, 13, das 8h às 12h, durante evento sobre os impactos da neurociência nos negócios. Outras duas palestras durante a manhã abordam a sintonia entre a neurociência, a liderança e a gestão de pessoas, com Pedro Luiz Pereira e o método dream marketing será exporto por Gilmara Zanella. As inscrições podem ser feitas pelo site da entidade ao valor de 50 reais para associados e 80 para a comunidade.

RELAÇÕES: Para conectar empreendedores e melhorar a captação de clientes e a prospecção de mercado para empresas da cidade e região, a ACIJ promove sessão de negócios. Será no dia 18, às 14h, na sede da entidade. O evento é organizado em formato de reunião comercial com participação de empresas de diferentes segmentos.

CAMPANHA: Associado ou colaborador de empresas vinculadas a ACIJ podem indicar profissionais para fazerem parte da entidade. Sendo consolidada a associação por meio de indicação, o associado terá como benefício um cartão “Util Prêmio”, no valor de 50 reais para utilizar na rede credenciada.

 

Agenda

 

Você sabia?

SC é o terceiro importador de carros do país. No acumulado de janeiro a maio a importação de veículos cresceu, representa 5% de todas as compras do exterior. Superou o cobre com queda de 9% no mesmo período. Fonte: SDS

 

 

 

 

Por: ACIJ

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *