Secretaria da Saúde de Joinville cria ambulatório para atendimento de pacientes pós Covid-19

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria da Saúde, em parceria com instituições de ensino superior da cidade, vai implantar o Ambulatório Pós Covid-19, que vai atender às pessoas que apresentam alguma fragilidade física ou emocional causada pela doença.

 

Secretaria da Saúde de Joinville cria ambulatório para atendimento de pacientes pós Covid-19
Secretaria da Saúde de Joinville cria ambulatório para atendimento de pacientes pós Covid-19 (Foto: Reprodução/Internet)

 

Inicialmente, o serviço será direcionado aos pacientes que tiveram a doença, estiveram internados em UTI, tanto na rede pública como na privada, e apresentam sequelas como comprometimento respiratório ou motor. Na sequência, o atendimento será ampliado para todos aqueles que tiveram a doença e ficaram com algum tipo de sequela.

As unidades do Ambulatório Pós Covid-19 funcionarão em instituições de ensino que oferecem cursos de medicina, fonoaudiologia e fisioterapia. Entre as parceiras já alinhadas, estão a UNIVILLE – Universidade da Região de Joinville, Centro Universitário – Católica de Santa Catarina, Faculdade Anhanguera de Joinville e UniSociesc.

De acordo com a gerente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Joinville, Chana Beninca, o objetivo é atender a todas as pessoas que apresentam alguma fragilidade causada pela Covid-19 e que necessitam de acompanhamento mais específico, com auxílio das especialidades de neurologia, cardiologia e psiquiatria.

“Já temos uma lista com aproximadamente dois mil pacientes que estiveram internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) dos hospitais públicos e particulares de Joinville. Alguns já são acompanhados pela rede de saúde do município, mas queremos oferecer um olhar mais especializado, inclusive para pessoas atendidas na rede particular”, explica Chana.

A equipe da Secretaria da Saúde iniciou os contatos por telefone, com os pacientes que ficaram internados em UTIs. Por isso, a Secretaria da Saúde reforça a importância de os usuários manterem suas informações cadastrais atualizadas junto às Unidades Básicas de Saúde da sua região. Após avaliação e identificação das fragilidades apresentadas, será iniciado o agendamento junto às especialidades indicadas.

 

 

 

Por: Secom

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *