Santa Catarina tem 2 startups na lista da Meta (Facebook) para mentoria

Duas startups de Santa Catarina estão entre as dez selecionadas pela Meta, controladora do Facebook, que dará mentoria às empresas de tecnologia.

Trata-se da BIA Technology, de São Francisco do Sul, que oferece raquete digital que permite a identificação em oito segundos da mastite bovina.

Também a Fazenda Cheia, de Florianópolis, que é uma Agtech que acelera a produtividade de rebanho bovino de pequenos e médios produtores rurais.

  • Facebook agora é Meta; veja aqui.

 

Santa Catarina tem duas startups na lista da Meta (Facebook) para mentoria
Santa Catarina tem duas startups na lista da Meta (Facebook) para mentoria

Startups – Meta

Conforme a Meta, esta é a segunda edição do programa Campo Digital, que busca desenvolver soluções digitais para o agronegócio brasileiro focadas em pequenos e médios produtores.

A aceleradora Baita, com sede na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), também fez ajudou na seleção.

A lista de iniciativas conta com agfintech que oferece crédito para agricultores, startup que leva a digitalização para os cultivos hidropônicos, entre outros. As agtechs selecionadas receberão mentorias, orientações e avaliações do modelo de negócio durante um período de quatro meses.

Também será oferecida capacitação técnica às startups por especialistas da Esalqtec, incubadora de empresas da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Esalq), da Universidade Federal de Itajubá, do Instituto de Pesquisas Eldorado e da Unicamp.

  • Conheça o Eleve CRM, nossa solução para vendas complexas

 

Campo Digital

O Campo Digital é o primeiro programa da Meta voltado para o setor agropecuário na América Latina. De acordo com a empresa, empreendedores de todo o Brasil se inscreveram no programa.

As avaliações foram feitas por meio da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), da Embrapa Agricultura Digital, da Inova Unicamp, da Unife e do Instituto de Pesquisas Eldorado.

Gerente de Políticas Públicas da Meta, Carolina Ferracini disse que a intenção é melhorar a produtividade e sustentabilidade na zona rural. “Existem diversas soluções no mercado que atendem às grandes propriedades, mas não são acessíveis aos pequenos produtores. Nosso objetivo é fortalecer empresas que estejam pensando e produzindo inovação e possam trazer mais eficiência e escala para esse público, ao longo de toda a cadeia de produção”, destacou.

 

[pjtech@portaljoinville.com.br]

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *