Prefeitura de Joinville lança cartilha de prevenção à dengue e Covid-19 para comunidades tradicionais

A Prefeitura de Joinville, por meio da coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial e com a colaboração dos conselheiros do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR), lançou a Cartilha Povos e Comunidades Tradicionais no Combate à COVID-19 e Dengue em Joinville.

 

Prefeitura de Joinville lança cartilha de prevenção à dengue e Covid-19 para comunidades tradicionais
Prefeitura de Joinville lança cartilha de prevenção à dengue e Covid-19 para comunidades tradicionais

 

Disponível nas versões digital e impressa, o material é elaborado com linguagem objetiva e ilustrações, e tem o intuito de orientar os Povos e Comunidades Tradicionais (PCTs) locais, sobre ações preventivas ao coronavírus e à dengue.

Os PCTs do Brasil são formados por povos indígenas, quilombolas, comunidades tradicionais de matriz africana ou de terreiro, ciganos, os extrativistas, os ribeirinhos, os caboclos, os pescadores artesanais, os pomeranos, entre outros.

Em Joinville, existem duas Comunidades Quilombolas certificadas pelo Governo Federal, a Comunidade Beco do Caminho Curto, formada por 27 famílias e cerca de 100 pessoas; e a do Ribeirão do Cubatão, que possui aproximadamente 10 famílias e 50 pessoas; além de terreiros e acampamentos ciganos.

Para esses grupos, durante esta semana, as equipes das Unidades Básicas de Saúde (UBS) mais próximas de cada comunidade, farão a entrega da Cartilha, a explicação das medidas apresentadas pelo material, além da distribuição de máscaras.

Os materiais e informações serão transmitidos às lideranças das comunidades, que posteriormente compartilharão com todo o grupo.

Entre as orientações de prevenção à Covid-19, estão o isolamento social, incentivando a permanência em casa quando possível, uso de máscara, distanciamento pessoal, higienização das mãos com água e sabão ou uso de álcool em gel, limpeza de objetos pessoais e ambientes, etiqueta da tosse, evitar aglomerações, limitação de pessoas em atividades religiosas, isolamento de idosos e cuidados especiais com pessoas de grupos de risco.

Já em relação à dengue, são destacadas ações como eliminação de lixo e entulhos, manutenção da limpeza das áreas de quilombos, terreiros e assentamentos, limpeza das calhas e eliminação de objetos que possam acumular água, uso de mosquiteiros, repelentes e inseticidas, colocação de telas nas caixas d’água e caixas de passagem.

A Cartilha traz, ainda, informações sobre o atendimento do Ligue-Saúde Joinville, disponibilizado pela Secretaria da Saúde, por meio do telefone e whatsapp (47) 3481-5165.

De acordo com o coordenador da Juventude e Promoção da Igualdade Racial de Joinville, Paulo Júnior, embora não haja casos de covid-19 ou dengue registrados nessas comunidades, a Cartilha é uma fonte de informação segura, que ajuda a divulgar as orientações sobre prevenção. “São comunidades vulneráveis e, embora as pessoas tenham acesso às informações pela TV e redes sociais, nem sempre filtram. A cartilha é um material direto, com informações úteis e de credibilidade que servirá como referência para esses públicos”, explica o coordenador.

A versão digital da Cartilha Povos e Comunidades Tradicionais no Combate à COVID-19 e Dengue em Joinville está disponível no site da Prefeitura de Joinville.

 

 

Por: Secom

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *