Prefeitura de Joinville entrega a nova sede do Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Joinville começa a atender na nova sede a partir de quinta-feira (17/12). A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria da Saúde, entrega o prédio revitalizado na avenida Dr. Paulo Medeiros, no 200, Centro, próximo ao Mercado Público Municipal.

 

Prefeitura de Joinville entrega a nova sede do Samu
Prefeitura de Joinville entrega a nova sede do Samu (Foto: Reprodução/Internet)

A estrutura do prédio que havia no local, inicialmente destinado ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), passou por adequações para abrigar o Samu. As obras iniciaram em março deste ano, com um custo de R$ 928.765,47. A instalação atende as normas e padrões de acessibilidade.

Além da revitalização do prédio, foi construída uma extensão nos fundos, ficando a área total da edificação com 563,885 m2. A construção em terreno de propriedade do município possibilitará economia mensal de R$ 13 mil em locação

A nova sede conta com sala de atendimento ao público, sala de administração e coordenação, sala de reuniões, farmácia, dois almoxarifados, sala de lavação e depósitos de macas, sala de esterilização e empacotamento. Tem rampa de lavagem de ambulâncias, salas de conforto feminina e masculina, sala multiuso e depósitos, guarda-volumes, sala de estar e convivência, refeitório e copa.

Samu celebra 15 anos de serviço

Na terça-feira (15/12), o Samu completou 15 anos de funcionamento em Joinville. O serviço conta com quatro ambulâncias novas (e mais 5 de reserva), atendendo 24 horas por dia. São 16 técnicos em enfermagem e 15 condutores, além de 2 agentes administrativos e uma coordenadora.

Atribuições do Samu:

– Assegurar a escuta médica permanente para as urgências, por meio da Central de Regulação Médica das Urgências, utilizando número exclusivo e gratuito.

– Realizar a coordenação, a regulação e a supervisão médica direta ou à distância, de todos os atendimentos pré-hospitalares.

– Realizar o atendimento médico pré-hospitalar de urgência, tanto em casos de traumas como em situações clínicas, prestando os cuidados médicos de urgência apropriados ao cidadão e, quando se fizer necessário, transportá-lo com segurança e com o acompanhamento de profissionais do sistema até o ambulatório ou hospital.

– Regular e organizar as transferências inter-hospitalar de pacientes graves no âmbito macrorregional e estadual, ativando equipes apropriadas para as transferências de pacientes.

-Participar dos planos e organização de socorros em caso de desastres ou eventos com múltiplas vítimas, tipo acidente aéreo, ferroviário, inundações, terremotos, explosões, intoxicações coletivas, acidentes químicos ou de radiações ionizantes, e demais situações de catástrofes.

 

 

 

Por: Secom

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *