Macnica inaugura espaço no Ágora Tech Park com presença do presidente do Conselho do grupo japonês

Macnica inaugura espaço no Ágora Tech Park com presença do presidente do Conselho do grupo japonês
Macnica inaugura espaço no Ágora Tech Park com presença do presidente do Conselho do grupo japonês

Subsidiária brasileira fará gestão do Perini Citylab para soluções de smart cities 

O Perini Business Park recebeu a comitiva da Macnica Inc, formada pelo presidente do Conselho do grupo japonês e presidentes das filiais na China e na América do Sul, além da diretoria do Grupo Perini e do Ágora Tech Park, para a inauguração do espaço Perini Citylab powered by Macnica. Maior distribuidor de semicondutores do Japão e o 5º maior do mundo, o grupo japonês possui equipes de desenvolvimento em soluções de Smart Cities, Mobilidade, como carros autônomos, e IoT (Internet das Coisas), em vários pontos do globo. Para ampliar sua atuação na América do Sul, especialmente no mercado brasileiro, em 2012 adquiriu a catarinense DHW. A empresa com sede em Florianópolis foi fundada pelo Engenheiro Eletricista, Fábio Petrassem de Sousa que, com a aquisição pelo grupo japonês, assumiu o cargo de Presidente da Macnica DHW.

A subsidiária é também a empresa gestora do Perini Citylab pela articulação das estratégias de integração das ações e parcerias. A empresa irá operar suas atividades como distribuidora de semicondutores, design house e desenvolvedora de soluções para transformação digital de produtos e processos por meio da tecnologia em IoT . ”A Macnica tem inserção e conhecimento junto aos maiores players de tecnologia, trazendo expertise internacional para o Perini Citylab”, afirma Marcelo Hack, presidente do Grupo Perini.

Instalados no Ágora Hub, o escritório da Macnica DHW em Joinville, o centro operacional do Perini Citylab e o observatório de Smart Cities, foram inaugurados durante a visita ao Perini Business Park, que também incluiu um tour pelos laboratórios da UFSC, Perville Engenharia, além das instalações do Ágora. O presidente do Conselho do grupo Macnica Inc., Kiyoshi Nakashima, se disse impressionado com tudo o que viu. “Estas instalações totalmente privadas oferecidas pelo Perini diferem dos ecossistemas de inovação no Japão, onde normalmente é o Governo que disponibiliza estes recursos. É um ambiente de dimensões que impressionam e que fornece uma combinação excepcional de infraestrutura, serviços e onde pessoas da indústria, da universidade, de startups podem conversar, trocar experiências e testar novas tecnologias”, disse.

Sobre a gestão da Macnica no Perini Citylab, Kiyoshi Nakashima reforçou que a expertise da companhia em desenvolver tecnologias de primeira linha, especialmente autônomas, vai fornecer às empresas que queiram testar soluções inovadoras para smart cities o suporte necessário para acelerar o processo de go-to-market. “Nosso objetivo é ser uma empresa de serviços e soluções que conecte pessoas, tecnologia e experiência na solução dos desafios do crescimento sustentável. Tecnologias convenientes, como negócios baseados em dados e IA, permitem a criação de serviços que oferecem UX (User Experiences) anteriormente inimagináveis, enriquecendo a sociedade, um cenário a caminho de se tornar realidade. A Macnica também está indo além da estrutura de ‘coisas’, como dispositivos eletrônicos e equipamentos de rede, para expandir nossas perspectivas e abranger os usuários finais dos serviços”, afirmou o presidente do Conselho do grupo japonês.

 

 

Perini Citylab – laboratório vivo e real para as cidades do futuro

O Perini Citylab é um projeto pioneiro no país por suas características únicas. Iniciativa do Perini Business Park e do Ágora Tech Park, o foco é consolidar o Perini Citylab como uma one stop-shop de cidades inteligentes, fortalecendo a vocação de Joinville como um polo internacional de inovação para a indústria 4.0 e IoT.  Como living lab – laboratório vivo e real – permite que empresas, startups e pesquisadores usem a infraestrutura do Perini Business Park – maior parque empresarial multissetorial da América do Sul -, como campo de testes para tecnologias voltadas às Smart Cities. São 2,8 milhões de m² de área, 15 quilômetros de ruas internas pavimentadas, circulação diária de mais de 10 mil pessoas e 3 mil veículos, além de um sistema próprio de iluminação pública, segurança, ambulatório e mais duas operações de atendimento suplementar de saúde.

Para Fábio Petrassem de Sousa, o Perini Citylab é inovador em todos os aspectos: “este projeto traz a união da vocação para cidades inteligentes de um Parque Multissetorial que já assumiu também a posição de referência em tecnologia na região de Joinville através do Ágora Tech Park, somado ao conhecimento, a experiência e a presença global do grupo japonês  Macnica, que atua na área de tecnologia para IoT e cidades inteligentes há muitos anos.  O que esta combinação traz para Joinville, Santa Catarina e o Brasil, é um laboratório inovador, de soluções que vão trazer benefícios não só para a Indústria de Tecnologia no país, mas para a sociedade como um todo”.

Com conceito de cidade privada de ambiente controlado, o parque é perfeito para receber startups e empresas de diversos segmentos que queiram desenvolver, validar, implantar e demonstrar suas soluções.  Desta forma, permite que as empresas simulem produtos e serviços para cidades inteligentes antes de levar para os ambientes públicos, que têm suas particularidades em termos de legislação e políticas a serem atendidas. Isso previne a mortandade de soluções que acabam sendo inviabilizadas diante das dificuldades para testar em ambientes públicos.

“Com esta iniciativa, o Perini oferece suas instalações para estabelecer parcerias com empreendedores interessados em validar ativações voltadas para cidades inteligentes com agilidade, custos competitivos, mais eficiência e conexão com o ecossistema formado por empresas, entidades governamentais, institutos de pesquisa e de inovação e universidade. Tanto para uma startup para o desenvolvimento e validação para a primeira ideia como para uma empresa multinacional que queira acelerar o processo de go-to-market. Mesmo grandes corporações globais que já atuam com soluções para smart cities não têm um espaço próprio para testes, e isso nos dá um horizonte de oportunidades e parcerias com empresas de todo o mundo”, afirma o responsável pela operação do Perini Citylab powered by Macnica, Fabricio P. Sousa, que atuará como gerente de Soluções IoT.

Inicialmente, o foco está direcionado para nove verticais: aeroespacial, agronegócio, big data, energia, gestão pública, logística, mobilidade, saúde e segurança. “As empresas com sinergia nestes segmentos podem atuar como patrocinadores, parceiros e/ou explorar o ambiente do parque com suas soluções”, explica Jean Vogel, diretor executivo do Ágora Tech Park. “A nossa visão e o nosso propósito são oferecer um grande ativo, composto pela estrutura do Perini Business Park e pelo suporte do Ágora Tech Park, para reunir condições e atores que possam acelerar a implantação de soluções de cidades inteligentes. Queremos usar a tecnologia a nosso favor para aprimorar o planejamento urbano, a mobilidade, a saúde, o uso racional de energia e a qualidade de vida”, conclui Vogel.

 

 

Parcerias e ações em andamento

As primeiras parcerias do Perini Citylab envolveram a própria Macnica DHW, Prefeitura de Joinville, ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia), Icities, ABII (Associação Brasileira de Internet Industrial), Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, Go Moov e Waze.  O Perini Citylab também já firmou memorando de entendimento com o Ministério do Comércio do Reino Unido, que permite a cooperação e troca de experiências entre o ecossistema de Santa Catarina e instituições de pesquisa e empresas britânicas, além da realização de missões bilaterais de negócios.

 

 

Por: Carla Lavina

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *