bolsas_estudo

Lideranças empresariais do Estado prestigiam homenagem ao presidente da Fiesc em Joinville

Lideranças empresariais do Estado prestigiam homenagem ao presidente da Fiesc em Joinville
Lideranças empresariais do Estado prestigiam homenagem ao presidente da Fiesc em Joinville

O evento foi organizado pelo Conselho das Entidades Empresariais de Joinville.

Prestigiado. É a definição de como foi o jantar em homenagem ao presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, realizado nesta segunda-feira, 18 de março, em Joinville. Na plateia de aproximadamente 400 pessoas, destaque para a diversidade dos segmentos produtivos, empreendedores e empresários de várias regiões do Estado. O evento foi idealizado pelo Conselho das Entidades Empresariais de Joinville, formado pela CDL, Acij, Ajorpeme e Acomac, e por sindicatos patronais.

Ao público, Aguiar disse: “Hoje pensei que eu poderia falar sobre a minha vida, a Fiesc e Santa Catarina”. Joinvilense de nascença, também morou em Rio do Sul, Curitiba e Florianópolis. Deu início à carreira profissional na Eletrosul e depois galgou espaço no setor de construção civil – tendo como meta o próprio negócio.

“O espírito associativista desenvolvi ainda na faculdade, no centro acadêmico”, contou Aguiar, ao fazer referência resumida sobre às funções exercidas na trajetória depois de formar engenheiro civil. Sobre a Fiesc, discorreu acerca do contingenciamento de orçamento e expôs a bandeira da qual depende o desenvolvimento do Estado: infraestrutura.

 

Quatro pilares

“Temos colocado em prática a defesa de quatro pilares. O primeiro é a internacionalização, Santa Catarina participa pouco, há um campo grande a trilhar; depois, a defesa de investimentos em infraestrutura de logística, rodovias, atualização do plano aéreo de 1992 e atenção ao setor portuário. Como terceiro pilar, a inovação e, por fim, a inclusão e a inserção, tanto das empresas no mercado como das pessoas”.

Destacou ainda a representação econômica diversificada de Santa Catarina perante os demais entes federativos. Ao final do discurso, Aguiar foi agraciado com presentes e placas.

“Ser empresário no Brasil é para os fortes”

Em nome das entidades, o presidente da Acij destacou a superação das adversidades diárias para aqueles que decidem empreender. “Ser empresário no Brasil não é para qualquer um, é para os fortes. Empresário não divide os riscos com ninguém, mas divide benefícios, nós realizamos nossos sonhos e realizamos os sonhos de muita gente”. Descontraiu a plateia ao brincar dizendo que muitos dirão que a sorte ajudou os bem sucedidos, em vez da disciplina; e àqueles que não deram certo poderão ser taxados de perdedores.

Durante a sua fala, o prefeito Udo Döhler provocou reflexão sobre política. “Todos os que aqui se encontram percebem o significado dessa homenagem porque todos propagaram suas histórias nos negócios. Mas a sociedade só funciona se houver bem social para as pessoas e esse deve ser o nosso grande desafio”. E seguiu: “Tenho repetido, quem dos presentes pode votar? Quem tem a capacidade de ser votado? Se nós não participarmos da vida pública vamos continuar a mercê e hoje estamos diante de uma oportunidade”, concluiu.

Para o senador Esperidião Amim, que falou em nome da classe política, “o evento justo, necessário é um bom sinalizador do momento que nós estamos vivendo, homenageando e enaltecendo a figura e as responsabilidades do Mario Cezar de Aguiar”.

Também estiveram presentes os deputados federais Carlos Chiodini, Darci de Matos, Ângela Amim; o deputado estadual Fernando Krelling representou o presidente do Legislativo Catarinense, Julio Garcia; e o secretário de Estado da Articulação Internacional, Derian Campos, representou o governador Carlos Moisés da Silva.

 

Convênio com a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil

Na oportunidade, a Fiesc formalizou convênio com a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil com o objetivo de unir esforços conjuntos para pré-seleção de potenciais alunos e, também, a realização de workshops em dez cidades – como forma de promover a sensibilização das comunidades locais. Assinaram o documento a Fiesc (Aguiar), o vice-presidente da Regional Norte (Evair Oenning) e o presidente do Bolshoi (Valdir Steglich).

 

Conselho das Entidades Empresariais

O jantar de homenagem foi organizado pelo Conselho das Entidades Empresariais, formado pela Associação Empresarial de Joinville (Acij), Associação dos Comerciantes de Material de Construção (Acomac), Associação de Joinville e Região de Pequenas, Micro e Médias Empresas (Ajorpeme) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Teve apoio do Sindicato da Indústria de Material Plástico (Simpesc), Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em Joinville (Sinditextil, Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) e Sindicato das Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de Santa Catarina (Sinqfesc).

 

Sobre Mario Cezar de Aguiar

Mario Cezar de Aguiar nasceu em Joinville em 1954, depois foi morar em Rio do Sul, Curitiba, Florianópolis. Voltou a fixar residência em Joinville depois de graduado. É engenheiro civil pela UFSC, especialista em construção civil pela Furb, em marketing pela Univille e em gestão empresarial pela Pensylvania State University.

Empresário no setor da construção civil, atua desde 1981 com construção e incorporação imobiliária. É sócio das empresas Vectra Participações e Construções, Vectrapar Construções e Empreendimentos, Êxito Empreendimentos e Construções e Tecnofibras. Presidirá a Fiesc até 2021, também está à frente da Câmara de Assuntos de Transporte e Logística da entidade e do Conselho Estratégico para Infraestrutura de Transporte e a Logística Catarinense.

É membro do Conselho Nacional do SESI, do Sebrae/SC e delegado da Fiesc junto à Confederação Nacional da Indústria. Foi professor da Udesc e presidiu a Acij, a Câmara Estadual da Indústria e Construção e, por duas vezes, o Sindicato da Indústria da Construção de Joinville (Sinduscon).

Também fundou e presidiu o Serviço Social da Construção Civil de Joinville (Seconci), foi conselheiro da Usimed e da Unisociesc. É conselheiro do Instituto Core e membro do Conselho do Centro de Engenheiros e Arquitetos de Joinville (Ceaj).

 

Mais notícias

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *