Há mais reformas para aprovação

 Há mais reformas para aprovação
Há mais reformas para aprovação 

 

 

Repercutiu positivamente a aprovação da reforma da Previdência porque ela gera nos empresários mais segurança para novos investimentos. Os 15 deputados federais de Santa Catarina votaram em favor do desenvolvimento, um consenso social e político junto da maioria da Câmara dos Deputados. Como consequência, o Brasil ganha credibilidade, teremos a retomada de crescimento e mais confiança de investidores estrangeiros. No entanto, embora fundamental e necessária, somente a reforma da Previdência não é suficiente para retirar o Brasil de onde se encontra.

 

“É preciso acompanhar o contexto: Previdência, tributos, investimentos não estão dissociados.”

 

Temos de avançar para a reformulação da política estatal de tributos e uma agenda econômica fortalecida com um programa de investimentos para portos, aeroportos e rodovias. É fundamental. Em Joinville, por exemplo, temos o desafio de gerar sete mil empregos até o final do ano. No decorrer desta semana, é preciso acompanhar a discussão no Senado Federal. Porque é na Alta Corte que será definida a inclusão ou não dos estados e municípios – por meio de Posposta de Emenda Constitucional (PEC). Neste aspecto, a atuação dos governadores será fundamental para obtenção dos 49 votos.

Outro aspecto importante, daqui a cinco anos Brasil terá a quinta maior população de idosos do mundo. Para as empresas, indicativo de que irão aumentar os colaboradores com idade mais avançada, porém, a reforma da Previdência traz alterações nos modelos de rescisão contratual e, além disso, tende a reduzir os níveis hierárquicos das equipes e implicar em novos modelos de contratação. Para as empresas, na agenda da pós-reforma, existe a possibilidade de inclusão de mudanças no formato das declarações do imposto de renda. Uma possível simplificação vai contribuir com o aumento no ranking do ambiente de negócios. É preciso acompanhar o contexto: Previdência, tributos, investimentos. Não estão dissociados.

 

PROGRAMA EMPREENDER

Núcleos da ACIJ desenvolvem atividades

Nesta semana, de 15 a 19 de julho, acontece a segunda edição da Semana dos Núcleos do Programa Empreender, desenvolvida por meio da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC). Na Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), seis grupos irão desenvolver atividades para troca de boas práticas de gestão no associativismo.

Programa Empreender é o maior projeto de desenvolvimento empresarial do Brasil. É um modelo alemão trazido para Santa Catarina, em 1991, sendo as cidades de Joinville, Brusque e Blumenau as primeiras a desenvolver o trabalho no país. Na prática, é realizado de forma colaborativa por meio dos núcleos setoriais; neles, os empresários discutem problemas e buscam soluções com apoio de um consultor vinculado a entidade empresarial.

“Participar de um núcleo é um estímulo ao trabalho colaborativo porque empresários concorrentes são estimulados a encontrar soluções e benefícios comuns aos negócios e do segmento no qual atuam”, avalia Marlete Tamasia, coordenadora dos Núcleos da ACIJ. Os 23 núcleos da ACIJ são um espaço para o fortalecimento empresarial, debate de temas voltados à competitividade e a disseminação de práticas que contribuem com o desenvolvimento pessoal e profissional dos integrantes.

 

GRATUITO: Empreendedores e líderes das empresas do setor industrial, comércio e serviços podem participar gratuitamente da palestra como vender mais e melhor na era digital. Será na quarta-feira, 17, às 19h, na ACIJ. O jornalista Stefan Ligocki, um dos principais especialistas do Brasil em Linkedin, vai abordar as transformações digitais, a necessidade de conteúdo para a marca ganhar destaque, a gestão das redes sociais e o uso delas no do marketing pessoal.

ENGENHARIA: O Núcleo da Construção Civil promove na quinta-feira, 18, às 18h30, palestra sobre a Norma de Desempenho como condutora de inovações tecnológicas e na sexta-feira, 19, das 8h às 12h e das 13h às 17h, acontece o workshop tecnologia na produção de revestimentos, ambos com exposição de Alexandre Britez; em discussão, a especificação de materiais, soluções técnicas para projetos, inovações tecnológicas e cases de recuperação. Ele é sócio da GP&D Consultoria e Projetos, mestre em engenharia civil, participou da elaboração da norma de desempenho e atuou como responsável da área técnica na Cyrela Construtora.

 

Agenda

 

Você sabia?

O Banco Central do Brasil divulgou os dados da poupança brasileira com base nas transações de PESP500. O valor acumulado em junho é de R$ 807.898.330 – Fonte: BCB

 

 

Por: ACIJ

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *