Governo do Estado autoriza liberação de R$ 11,5 milhões para abertura do Eixo K

O Governo do Estado autorizou, na última segunda-feira, dia 29 de março, a liberação de R$ 11,5 milhões para a abertura do Eixo K, no Distrito Industrial de Joinville.

 

 Governo do Estado autoriza liberação de R$ 11,5 milhões para abertura do Eixo K
Governo do Estado autoriza liberação de R$ 11,5 milhões para abertura do Eixo K (Foto: Divulgação)

 

Em uma extensão de 1.050 metros, a obra terá pista dupla para ligar a rua Dona Francisca, perto do Perini Business Park, à Rodovia Hans Dieter Schmidt.

O Governo também autorizou a celebração do convênio com a Prefeitura de Joinville, que será responsável pela licitação e execução da obra custeada pelos recursos já liberados pelo Estado.

O projeto executivo do Eixo K foi custeado pela ACIJ e entregue ao Estado para contribuir na agilização do processo de execução.

“A autorização do Estado mostra a importância da parceria entre o setor produtivo e o poder público para o investimento em projetos de infraestrutura para atrair mais empresas, criar mais empregos, ampliar e geração de renda e incrementar a arrecadação sem aumento de impostos, fazendo girar o círculo virtuoso da economia”, avalia o presidente da ACIJ, Marco Antonio Corsini.

 

EIXO DE DESENVOLVIMENTO NORTE

A abertura do Eixo K faz parte do Eixo de Desenvolvimento Norte, conjunto de cinco projetos elaborados em parceria entre ACIJ, Estado e Prefeitura.

 

As outras quatro obras são:

  • Elevado da duplicação da Hans Dieter Schmidt/Edgar Meister: recursos já foram alocados pela Fazenda na Secretaria de Infraestrutura para licitação e realização da obra.
  • Duplicação do trecho urbano da rua Dona Francisca: Estado já lançou edital para licitação do projeto executivo.
  • Revitalização da rua Edmundo Doubrawa: rua será duplicada no mesmo pacote da duplicação da rua Dona Francisca.
  • Abertura da rua Almirante Jaceguay: Prefeitura de Joinville vai licitar o projeto executivo, cujas obras devem ser realizadas com recursos do Estado por meio de convênio.

 

 

Por: ACIJ

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *