Feira de metalurgia em Joinville reúne as principais tecnologias nacionais e internacionais para fundição

Feira de metalurgia em Joinville reúne as principais tecnologias nacionais e internacionais para fundição
Feira de metalurgia em Joinville reúne as principais tecnologias nacionais e internacionais para fundição

 

 

 

Inovações em máquinas, equipamentos, matéria-prima e serviços para a fundição integram a 12ª Metalurgia – Feira e Congresso Internacional de Tecnologia para Fundição, Siderurgia, Forjaria, Alumínio e Serviços. Joinville é o segundo maior mercado produtor de fundidos do Brasil. A feira acontece de 15 a 18 de setembro, das 13h às 20h, no Centro de Convenções e Exposições Expoville. Mais informações em www.metalurgia.com.br.

Santa Catarina ocupa a segunda posição no Brasil na produção de ferro fundido e concentra ampla cadeia de fornecedores do setor. Grandes fundições como Tupy, WEG, Embraco e Schulz estão na cidade catarinense além de grandes exportadores de peças técnicas fundidas para diferentes setores, em especial automotivo, linha pesada e agrícola. Em um raio de 100 quilômetros concentra fábricas de grandes marcas do setor automotivo como BMW, Audi, GM, Volvo, LS Tractor e Fremax, e fabricantes de peças para o setor auto como Tupy e Schulz.

Entre os expositores confirmados destacam-se fornecedores de matérias-primas, sistemas de medição e transporte de materiais, máquinas, equipamentos, robôs e serviços, voltados para a automação de processos, indústria 4.0, tratamento térmico e soldagem, reciclagem e EPIs. A feira é a principal do Brasil realizada nos anos pares e reúne eventos simultâneos como a reunião Associação Brasileira de Fundição (ABIFA), congresso de tecnologias para fundição, seminário de inovação, workshops de expositores, rodada de negócios e visitas técnicas a empresas da região.

Grandes companhias do segmento econômico no país e marcas internacionais expõe seus produtos na Metalurgia. Tradicionalmente recebe visitantes do Brasil e de outros países interessados em negócios e parceiras. A área útil comercializada para essa edição do evento representa um crescimento de 30% em relação a edição de 2018. Demostra a retomada econômica e investimentos das indústrias.

 

 

O mercado de fundição no Brasil

O Brasil ocupa a 10ª posição no ranking internacional de produção de fundidos, liderado pela China, Índia e EUA, que respondem por de 70% da produção mundial, o equivalente a 73 milhões de toneladas no ano. Metade da produção nacional de fundidos é para a indústria automotiva, abastecendo fabricantes de componentes automotores, autopeças e as próprias montadoras de automóveis, caminhões, ônibus e tratores.

Dados divulgados pela ABIFA dão conta que a produção brasileira de peças fundidas aumentou pelo terceiro ano seguido, totalizando 2,28 milhões de toneladas em 2019. O crescimento foi de 8,8% em relação a 2016, 6,5% sobre 2017 e de 0,8% em relação a 2018.

Novamente, o ferro fundido liderou a produção do setor (1,84 milhão toneladas), seguido do aço (259, 2 mil toneladas) e dos metais não ferrosos (192 mil toneladas). Comparativamente ao exercício anterior, o principal crescimento ficou por conta do aço (+6,6%), seguido do ferro fundido (+0,5%). Na vertente oposta, a produção de fundidos em metais não ferrosos caiu 3,7%.

 

 

 

Por: ACIJ

Mais notícias

Educa Mais Brasil

 

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *