catolica

Engenheiro Eletricista formado pela Católica SC destaca os diferenciais da profissão

O gosto de João Vitor Ramos Rodrigues (https://www.linkedin.com/in/jvrrodrigues/) pelo seu segmento de atuação já foi estimulado em casa, pois é filho de um técnico em eletrônica. Além disso, sempre demonstrou facilidade e gosto pelas disciplinas ensinadas nos cursos de elétrica e eletrônica.

Formado em Engenharia Elétrica desde 2020 pela unidade de Joinville da Católica de Santa Catarina, declara estar satisfeito com a profissão, que classifica como gratificante. “A Católica foi a melhor decisão na hora de escolher a instituição de ensino superior. Tive contato com profissionais admiráveis, como o coordenador do curso, o professor Ewerson Valmor Klettenberg. Nunca conheci alguém na posição dele tão disposto a ajudar. A instituição de ensino em si é muito séria, são corretos em tudo”, avalia.

 

João Victor Rodrigues formado em Engenharia Elétrica e Eletrônica na Católica SC (Foto: Divulgação)

 

Trajetória profissional

Em sua carreira, o engenheiro eletricista acumulou experiência, primeiramente, em funções diversas, como vendedor de equipamentos, programador e consultor de tecnologia. A dedicação à eletrônica profissionalmente começou a partir de um estágio na Nidec Global Appliance, empresa pela qual foi, posteriormente, contratado como pesquisador de hardware, que destaca como um de suas grandes conquistas. “Mesmo não estando diretamente ligado a área, antes de atuar como pesquisador, os conhecimentos, lógica, capacidade de solução de problemas, persistência e resiliência que a engenharia fomenta foram de extrema utilidade para me destacar no que fazia”, pondera.

Outro ponto destacado pelo egresso em sua jornada de crescimento foi o ingresso no mestrado e ter sido um dos alunos que se destacou no desempenho acadêmico. Para o futuro, João Vitor planeja a conclusão de sua especialização e o retorno para a sala de aula, mas em uma nova posição. “Pretendo iniciar a lecionar em instituições de ensino superior e gostaria muito de começar pela Católica SC, se possível, tenho grande carinho pela instituição”, afirma.

 

Principais dicas do egresso para os acadêmicos

• “A Engenharia Elétrica é extremamente versátil, ela abrange diversas áreas de atuação. No meu caso, tenho foco em eletrônica de potência, mas conheço diversos engenheiros eletricistas que trabalham com projetos de elétrica residencial e industrial; e que são engenheiros de software, utilizam dos conhecimentos desenvolvidos durante o curso em conjunto com programação para trabalharem com produtos de software embarcados. É um caminho bastante promissor este, além de grandes projetistas e desenvolvedores de motores e máquinas elétricas. Há, também, muitos especialistas em controle.”

• “A remuneração para o engenheiro tem o potencial de ser boa, mas é preciso se dedicar. O conteúdo programático da Católica SC, por exemplo, é extremamente relevante e de qualidade e os professores são ótimos, mas o aluno precisar fazer a sua contraparte de buscar informação para além dos livros da grade: ter iniciativa de buscar artigos, ler, pesquisar e realmente estudar. Simular os exercícios em casa, por exemplo. Essa é uma característica que tenho, foi um dos meus diferenciais na carreira. Ser autodidata é uma habilidade essencial em qualquer profissão, mas ainda mais para o engenheiro, que precisa ter essa autonomia.””

• “Os estudantes de Engenharia Elétrica têm ainda uma outra vantagem enorme: capacidade de abstração. Como não trabalhamos com algo visível, a eletricidade, precisamos desenvolver meios de abstrair e interpretar os conceitos das disciplinas, o que é de grande valor para tarefas em que os passos para execução não são claros.”

 

A formação

O bacharelado em Engenharia Elétrica da Católica SC promove o desenvolvimento intelectual e profissional do acadêmico ao formar profissionais com uma visão organizacional, humana e empresarial do setor. Além das aulas, há atividades nos laboratórios de Mecânica dos Fluidos e Energias Renováveis, pesquisas, projetos, estágios, eventos e viagens acadêmicas.

O curso conta com um projeto pedagógico focado no desenvolvimento de diferentes competências profissionais. Isso se reflete no corpo docente, formado por profissionais que unem teoria e prática por meio de forte ligação com a indústria regional, e na matriz curricular. Por isso, forma profissionais com excelente bagagem acadêmica e ética.

Ao longo dos cinco anos, o conteúdo programático conta com disciplinas focadas em álgebra, cálculo, desenho, estatística, física, equações, programação, materiais, química, circuitos, eletromagnetismo, mecânica, eletrônica, transporte, instalações, máquinas, sistemas, automação, segurança, redes, planejamento e telecomunicações. Além disso, há espaço garantido para o desenvolvimento de soft skills como autoconhecimento, comunicação, empreendedorismo, criatividade, inovação, liderança e autodesenvolvimento.

 

 

Por: Católica SC

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *