catolica

Engenheira Civil formada pela Católica SC destaca o amplo campo de atuação da profissão

O resultado de testes vocacionais, a aptidão com as matérias de exatas e o amplo campo de trabalho foram as principais motivações de Marilia Raphalski para optar pela graduação em Engenharia Civil. “Foi uma boa escolha, pois durante o curso me identifiquei muito. Estou realizada com a profissão”, afirma a egressa.

Marilia está formada desde 2017 pela unidade de Joinville da Católica de Santa Catarina. Atualmente, é sócia da empresa LED – laudos de engenharia e diagnósticos, pela qual desenvolve ensaios laboratoriais de materiais da construção civil.

 

Marilia Raphalski estudou Engenharia Civil na Católica SC (Foto: Divulgação)

 

As dicas de Marilia sobre a carreira

• “Uma dica para os estudantes e futuros acadêmicos é exercitar a proatividade durante o curso por meio de participações em palestras, eventos e estágios. É importante sempre buscar network e novos aprendizados.”

• “A engenharia civil tem uma ampla gama de áreas e campos de atuação. Após formado, recomendo realizar uma especialização, para deixar de ser generalista e sim, especialista. Há muitas áreas de atuação com déficit de profissionais técnicos.”

• “Os principais desafios são obtidos durante a prática profissional, com o estudo e busca de soluções. A profissão demanda constante evolução e atualização.”

 

A formação

A Católica SC oferece um currículo inovador para o curso de Engenharia Civil. As aulas aliam teoria e prática para formar profissionais aptos a absorver e desenvolver novas tecnologias. Além das atividades regulares em sala de aula e laboratórios, há a ampliação da formação acadêmica por meio de palestras e visitas técnicas.

Campos de atuação

• Construção civil: projeto, construção e reforma de prédios residenciais, comerciais, shoppings e aeroportos.

• Estruturas e fundações: projeto e edificação para fundações e estruturas de madeira, aço ou concreto. Cálculo do material necessário para a obra e as dimensões.

• Gerência de recursos prediais: manutenção da infraestrutura por meio do estabelecimento de padrões de qualidade, ocupação e uso do espaço.

• Hidráulica e recursos hídricos: projeto, gerenciamento e execução de obras de barragens, canais, reservatórios, sistemas de irrigação, drenagem e obras costeiras.

• Infraestrutura e transporte: projeto e construção de rodovias, ferrovias, viadutos, portos, metrôs, túneis e viadutos.

• Saneamento: projeto e construção de redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos.

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *