bolsas_estudo

Economia conduzida por rodovias

 

 

É óbvio que a produção econômica passa pelas estradas antes de chegar ao destino e consumidores finais. Razão pela qual a infraestrutura viária deve ser uma prioridade de investimentos públicos. Nossas estradas estão precárias. Em Joinville, pelo acesso ao Distrito Industrial, roda 30% do Produto Interno Bruto (PIB) gerado no Município – somente o Perini Bussines Park corresponde por 21% deste percentual. São 500 empresas de transporte de cargas e logística usando a rodovia.

“Precisamos de atenção do poder público”

Pela SC 418, a Serra Dona Francisca, outra parte da produção de Santa Catarina chega aos três principais portos do Litoral Norte. Neste percurso trafegam parte dos caminhões que transportam a produção de grãos e aves do Planalto Norte. Os móveis exportados por empresas de São Bento do Sul e Rio Negrinho também usam a rodovia. É caminho turístico para acesso às praias e também rota usada pelos estrangeiros que entram no Estado pela região Oeste. No aspecto histórico, é a estrada que contribuiu com o desenvolvimento de inúmeros municípios.

São argumentos básicos para solicitar das autoridades atenção às nossas rodovias. O eixo das ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Nelson Meister teve a licitação homologada em dezembro do ano passado. Em contrapartida, os empresários com terrenos ao longo da via, documentaram a responsabilidade sobre as desapropriações e o projeto recebeu as adaptações necessárias. No entanto, ainda não temos previsão de quando será dada a ordem de serviço para o início das obras e nem como está à tramitação da viabilidade dos recursos junto aos órgãos financiadores.

A SC 418 tem sido destaque frequente em todos os veículos de imprensa acerca de acidentes e mortes. Também aparece a falta de segurança policial, ausência de transporte de socorro, inexistência de sinal de telefonia móvel e a iluminação desapareceu. Recebe manutenção básica de roçadas, limpezas e sinalização, aquém de resolver o problema. A rodovia se destaca pela beleza do verde, guardas as nascentes de mananciais que abastecem Joinville. Neste aspecto, precisamos de atenção do poder público. E, de parte do setor privado, temos de nos mobilizar junto a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para as operadoras de telefonia façam este investimento.

 

 

O Ágora Tech Park, com seu prédio principal sendo o Ágora Hub, funciona com áreas compartilhadas, tem empresas, serviços e área de convivência. O novo centro de inovação de Joinville foi apresentado na ACIJ. Na foto, da esquerda para à direita, vice-presidente da ACIJ, Evair Oenning; presidente do Perini Bussines Park, Marcelo Hack; diretor comercial do Perini Business Park, Alison Takano (Foto: Cleber Gomes)
O Ágora Tech Park, com seu prédio principal sendo o Ágora Hub, funciona com áreas compartilhadas, tem empresas, serviços e área de convivência. O novo centro de inovação de Joinville foi apresentado na ACIJ. Na foto, da esquerda para à direita, vice-presidente da ACIJ, Evair Oenning; presidente do Perini Bussines Park, Marcelo Hack; diretor comercial do Perini Business Park, Alison Takano (Foto: Cleber Gomes)

 

COMÉRCIO EXTERIOR

Economista Eduardo Moreira palestra no Meeting Comex

Nesta quarta-feira, 10, acontece em Joinville a oitava edição do Meeting Comex 2019, considerado o mais importante evento de comércio exterior da região Sul. Uma nova leitura econômica do mundo é o tema da principal do evento com o economista Eduardo Moreira. Será no Centro de Convenções e Exposições Expoville com credenciamento às 7h30 e encerramento às 18h. Moreira foi escolhido pela Revista Investidor Institucional um dos três melhores economistas do país.

Em Joinville, vai falar sobre administração financeira pessoal, investimentos, previdência privada e, principalmente, as diferenças entre dinheiro e riqueza. Ainda dá tempo de fazer a inscrição no site da ACIJ ou na plataforma Sympla pelo valor de R$ 150 para associados e R$ 180 para não associados. O passaporte dá direito à feira, 14 workshops e palestras de abertura e encerramento. O evento é organizado pelo Núcleo de Negócios Internacionais da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ).


 

Diretas

SEGURANÇA: Dia 15, às 18h30, o delegado Geral de Polícia Civil de Santa Catarina, Paulo Norberto Koerich palestra na ACIJ com o tema “Polícia Civil de Santa Catarina no dia de hoje focada no amanhã”. Na ocasião, a delegada Regional de Polícia Civil de Joinville, Tânia Harada, fala sobre “Incentivo ao uso da delegacia eletrônica em grandes empresas”.

PRIVACIDADE: A lei geral de proteção de dados pessoais (LGPD 13.709/2018) será tema de palestra gratuita no dia 22, às 18h30, na ACIJ. Pessoas físicas e jurídicas terão de estar adequadas, a partir de janeiro de 2020, sobre a legislação, suas aplicações, direitos, deveres e penas para quem usar as informações privadas de forma errônea.

INOVAÇÃO: O Automation Talks será no dia 8 de maio, na UniSociesc. O evento conta com rodada de negócios, feira expositiva e palestras sobre aplicações da i 4.0. O valor do lote especial é R$ 30 por pessoa, até o dia 10. O evento é organizado pelo Núcleo de Automação com apoio do Núcleo de Tecnologia e Inovação, da ACIJ.


 

Agenda


 

Você sabia?

Estoque da indústria catarinense cresceu 5,1 pontos, atinge a linha divisória dos 50 e indica níveis excessivos, acima do planejado. No Brasil também teve crescimento. Fonte: FIESC


 

Por: ACIJ

Mais notícias

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *