Crescimento do mercado imobiliário atinge também cidades da Grande Florianópolis

Líder do mercado residencial na América Latina, MRV tem investido na região e anuncia empreendimento de 500 apartamentos em São José

Florianópolis é a única capital brasileira em que os imóveis têm se valorizado em constantemente desde 2014, sem apresentar queda. O mercado promissor, aliado às taxas de juros mais baixas da história e às condições facilitadas de financiamento, têm contribuído para que o setor se mantenha otimista, mesmo durante a pandemia. E os investimentos do setor não se concentram apenas na capital, com novos empreendimentos também nas cidades da Grande Florianópolis. A MRV, construtora que lidera o mercado residencial na América Latina, já tem um novo empreendimento de 500 apartamentos previsto para lançamento em abril em São José. A expectativa da empresa é que o empreendimento gere pelo menos 100 empregos diretos na cidade.

O condomínio Residencial Flores do Outono, localizado no bairro Areias, terá sete torres, com elevador e apartamentos de dois dormitórios com sacada com churrasqueira. Nas áreas comuns, o residencial tem infraestrutura completa de lazer, incluindo salão de festas, playground, piscinas adulto e infantil, pomar e espaço pet. As unidades custam a partir de R$ 156.900, com entrada parcelada em até 48 vezes, ITBI e Registro grátis, além das condições especiais do programa do governo federal Casa Verde e Amarela.

Durante o ano de 2020, a MRV lançou dois residenciais na Grande Florianópolis: o Residencial Flores do Verão, com 400 unidades habitacionais em Biguaçu, e o Residencial Orquídeas em Palhoça, de 340 unidades. O gestor comercial da MRV, Gian Tagliari, destaca o crescimento na demanda por imóveis na região e afirma que a empresa pretende continuar a investir na Grande Florianópolis. “Bairros como o Areias, onde o morador tem um setor de serviços bem desenvolvido e qualidade de vida, além de fácil acesso à capital, têm sido bastante procurados por famílias que pretendem morar na região”, explica Tagliari. “Com o bom momento do mercado na Grande Florianópolis e condições favoráveis aos consumidores, pretendemos desenvolver ainda mais novos projetos”, conclui.

 

 

Por: Douglas Rodrigues

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *