Confira os destaques da MP enviada pelo Estado à ALESC para linha de crédito a micro e pequenos empreendedores

O governo estadual autorizou nesta segunda-feira, dia 29 de março, a criação de linhas de auxílio emergencial para micro e pequenos empreendedores impactados pela pandemia de covid-19.

Os financiamentos ocorrerão por meio do BADESC e do BRDE. O total à disposição será de R$ 1,5 bilhão. O Estado arcará com as taxas de juros, em um investimento de aproximadamente R$ 250 milhões.

 

Confira os detalhes da medida provisória encaminhada à Assembleia Legislativa (ALESC) com o objetivo de manter o nível de emprego em SC:

  • Empreendedores poderão aderir aos financiamentos com uma carência de 12 meses para pagamento, juro zero e 36 meses para amortização.
  • Microempreendedores individuais (MEIs) poderão solicitar até R$ 10 mil, enquanto micro e pequenos empreendedores terão direito a até R$ 100 mil.
  • Como contrapartida ao auxílio, os empresários precisarão manter os atuais níveis de emprego em seus estabelecimentos durante o período de carência.
Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *