Conferência da Cidade de Joinville define os representantes da sociedade civil

Conferência da Cidade de Joinville define os representantes da sociedade civil
Conferência da Cidade de Joinville define os representantes da sociedade civil

 

 

A Conferência Municipal Extraordinária da Cidade de Joinville em 2019, escolheu neste sábado (1/06) os 64 representantes de seis segmentos da sociedade civil organizada que vão participar da composição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Joinville (CMDSJ), que é o Conselho da Cidade, para o mandato 2019-2022.

Os nomes representam setores de Movimentos Populares, Entidades Empresariais, Sindicatos dos Trabalhadores, Entidades Profissionais, Entidades Acadêmicas e de Pesquisa, Organizações Não governamentais.

O evento, realizado no ginásio Abel Schulz, teve a inscrição de 739 inscritos, porém 373 se credenciaram para votar. O Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Joinville, “Conselho da Cidade” – CMDSJ é regulamentado pela Lei Complementar 380/2012 e tem por finalidade propor diretrizes para o desenvolvimento municipal, com a participação social e integração das políticas que promovam o ordenamento territorial, a integração regional, a promoção socioeconômica sustentável, o transporte e a mobilidade urbana.

O Conselho é composto ao todo 104 conselheiros, entre titulares e suplentes. Os conselheiros são distribuídos em quatro Câmaras Setoriais – Ordenamento Territorial e Integração Regional, Promoção Econômica e Social, Qualificação do Ambiente Natural e Construído e Mobilidade Urbana – que se reúnem separadamente sempre que há necessidade de análise aprofundada do assunto de sua competência.

O trabalho dos conselheiros é voluntário e não é necessário conhecimento técnico específico. O mandato dura três anos e as reuniões ordinárias acontecem uma vez por mês, em data e horário a serem definidos pelos conselheiros.

O presidente do Conselho da Cidade, Álvaro Cauduro, destacou a importância da participação voluntária dos conselheiros eleitos. “É um trabalho participativo, de representação e que tem uma grande importância para debater temas importantes para o desenvolvimento de Joinville”, disse.

A Conferência foi organizada pela Prefeitura de Joinville, através da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud). O secretário da pasta, Danilo Conti, reforçou a competência do Conselho na discussão da política urbana da cidade. “O Conselho discutiu nesses últimos anos temas relevantes na organização de Joinville. Para essa nova gestão haverá uma nova discussão, que será a atualização do Plano Viário, por isso a importância de continuarmos com uma boa representatividade neste órgão”, comentou.

Um dos eleitos foi Ivandir Hardt, que representou a Associação dos Moradores da Estrada da Ilha. Ele disse que pretende ajudar no desenvolvimento de Joinville, com proposta para o bem de todos. “Quero contribuir dando apoio e sugestões para projetos que visam o bem comum”, falou.

Outro conselheiro eleito foi Altahir Dominoni Sobrinho. Ele é integrante da Associação Fab.Ville. A proposta da entidade é ajudar na criação de um ambiente voltado ao incentivo da tecnologia. “Joinville tem um perfil empreendedor e uma infraestrutura cada vez mais voltada à inovação”, disse.

A relação dos eleitos estará disponível nos próximos dias no site da Prefeitura de Joinville.

 

 

Por: Secom

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *