Comissão de Finanças vai votar rejeição de contas de Carlito Merss

Na Comissão de Finanças desta semana, o vereador Wilian Tonezi (Patriota) anunciou seu parecer pela rejeição das contas do município de 2012, último ano de governo do então prefeito Carlito Merss (PT). Tonezi seguiu recomendação do parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

 

(Foto: Reprodução/Internet)
Comissão de Finanças vai votar rejeição de contas de Carlito Merss (Foto: Reprodução/Internet)

 

Segundo o vereador, o que mais pesou em sua decisão foram um déficit de execução orçamentária, de R$ 78 milhões, e a falta de R$ 123 milhões para pagamento de servidores no ano seguinte, 2013, já no governo de Udo Döhler (MDB).

Um pedido de vistas de Henrique Deckmann (MDB), porém, adiou a votação do parecer de Tonezi para a próxima segunda-feira (3), às 14h.

Ao todo, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontou oito “restrições de ordem legal” nas contas do último ano de Carlito Merss à frente da Prefeitura. O relatório chegou à CVJ em 2019, depois que uma reapreciação foi feita pelo TCE.

 

 

Cultura e Turismo

A comissão também aprovou dois créditos adicionais especiais no orçamento da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), no valor de cerca de R$ 4 milhões. As verbas provêm de sobras no orçamento da Prefeitura e de repasses da União. Os projetos que tiveram pareceres favoráveis de Ana Lucia Martins (PT) foram o 47 e o 48, ambos de 2021.

 

TEXTO: Carlos Henrique Braga

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *