evento_pj

Coletiva: Wagner Lopes

Coletiva: Wagner Lopes
Coletiva: Wagner Lopes (Foto: JEC)

 

Na tarde desta sexta-feira, 28, o técnico Wagner Lopes deu seu penúltimo treino antes da partida contra o Fluminense do Itaum, às 15h30 deste domingo, na Arena Joinville. Antes de ir ao gramado comandar o treino, o professor concedeu entrevista coletiva à imprensa e fez uma avaliação da última partida, projetando o Tricolor para o próximo jogo.

“É bom a gente poder aprender com os erros na vitória, porque aprender na derrota dói muito. A nossa conversa com os jogadores foi muito boa, eles entenderam que nós precisamos corrigir os erros e fortalecer os acertos, mas sem deixar de valorizar a vitória. Jogamos bem os 30 primeiros minutos e depois nós andamos em campo, isso não é aceitável e eles entenderam a cobrança. Os jogadores reconheceram que não foi feito aquilo que foi treinado e aceitaram naturalmente as coisas, é um jogo que a gente tem que lembrar até o final do campeonato, todos os dias, para que não aconteça mais”, comentou.

Sobre essa maratona de jogos em poucos dias, o professor falou como os trabalhos precisam focar na recuperação dos atletas, para que eles não façam esforços desnecessários ocasionando lesões. Os treinamentos até domingo vão ajustar muito mais o posicionamento, evitando muita esforço físico. “Você tem que recuperar os caras treinando. Então é posicionar bem, já que não posso soltar  porque tenho que seguir o que a fisiologia está me falando,  porque os atletas estão desgastados. É um treino de posicionamento, de fechar a linha de passe, de mostrar qual é o posicionamento correto e conversar bastante, orientar para que o atleta entenda que no jogo ele tem que deixar o cem por cento lá. Independente se está ganhando de 1, 2., 3, 10. o que importa é fazer o que treinamos até o final.”

Apesar de fazer muitos apontamentos mesmo com a vitória, os jogadores conseguiriam agradar ao treinador no segundo gol, marcado por Breno. A triangulação, o cruzamento de Allan Dias e presença de Breno, usando como arma a infiltração e as ultrapassagens, são treinadas diariamente com os atletas. Ver uma jogada trabalhada nos treinamentos acontecendo no jogo, deixou Wagner Lopes contente. “É algo me deixa muito feliz, porque a gente treina muito essa ultrapassagem, a filtração por dentro e você atravessar a bola para o externo do outro lado pegar. Eu até brinco com eles, se você quer ganhar dinheiro tem que entrar na área. Se você não entrar na área a coisa não acontece. O volante vai correr pisar na área, triangula rápido, cria superioridade numérica em profundidade rumo ao gol adversário, é muito importante tudo isso. E eu falo isso todos os dias e fico feliz que nós conseguimos reproduzir no jogo”, disse.

Para finalizar, Wagner avaliou o adversário. Já teve contanto com o treinador do Fluminense, acompanho o jogo-treino com a equipe Sub-20 do JEC e já sabe o que o adversário pode fazer para surpreender o Joinville. “É um time bom, que tem um contra-ataque muito rápido. Os três jogadores da frente fazem a transição rápida, do lado direito o ala apoia bastante. Na saída de bola, eles costumam fazer passes longos nas costas do adversário, então é um bom time, que é bem treinado e os resultados não mostram tudo. Eu tenho certeza que vai ser um grande jogo e quem puder comparecer na Arena Joinville vai vai assistir uma grande partida. Não só por ser os dois times da cidade, mas principalmente porque iremos dar o nosso melhor lá dentro, com respeito ao adversário”, finalizou.

No sábado de manhã, o técnico Wagner Lopes comanda o último treino antes da partida, fechado para a imprensa. No domingo, Joinville e Fluminense do Itaum se enfrentam às 15h30, pela quarta rodada da Copa Santa Catarina.

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *