CCR vence leilão de aeroportos do Bloco Sul

Após leilão realizado hoje (7) na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), o grupo CCR, que atua em rodovias pedagiadas por todo o país e que administra desde 2012 o Aeroporto Internacional de Confins – Tancredo Neves, em Belo Horizonte, será o novo operador dos aeroportos de Joinville e Navegantes. No bloco Sul também estavam os terminais de Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Londrina (PR), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS).

 

CCR vence leilão de aeroportos do Bloco Sul (Foto: Divulgação)

 

O grupo CCR venceu o leilão do bloco Sul da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) oferecendo ágio de 1.534,36% sobre o preço mínimo do edital, que era de R$ 130 milhões. O valor oferecido foi de R$ 2,128 bilhões.

Na mesma rodada de licitações, também foram leiloados os blocos Norte I e Central. O primeiro, formado pelos aeroportos de quatro capitais, Boa Vista, Manaus, Rio Branco e Porto Velho, além de Tefé, Tabatinga (AM) e Cruzeiro do Sul (RO), foi arrematado pelo grupo francês Vinci Airports por R$ 420 milhões (ágio de 777,47%).

Já o leilão do Bloco Central, com os terminais de outras quatro capitais, São Luís, Teresina, Palmas e Goiânia, além de Petrolina (PE) e Imperatriz (MA), teve como vencedor também o grupo CCR, com uma proposta de R$ 754 milhões (ágio de 9.156%). O investimento será de R$ 1,8 bilhão no Bloco Central e R$ 1,4 bilhão no Bloco Norte.

O Ministério da Infraestrutura espera que os terminais, por onde circulam cerca de 24 milhões de passageiros por ano, recebam aproximadamente R$ 6,1 bilhões em investimentos. Devem, segundo o ministério, ser investidos R$ 2,85 bilhões no bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Central e R$ 1,4 bilhão no Norte. Os contratos de concessão têm validade de 30 anos.

 

 

Por: CDL Joinville

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *