Brasil ocupa a 2ª colocação mundial em crescimento de bancos digitais

O Brasil ocupa a segunda colocação mundial em crescimento de bancos digitais, conforme levantamento da Accenture. Só perde para a Suíça.

A pesquisa mostra que as fintechs possuem mais clientes por aqui do que em países desenvolvidos.

Diretor financeiro do Popibank, Marcelo Pereira elenca que o sucesso das fintechs se deve à agilidade e facilidade com a qual elas proporcionam aos clientes serviços menos burocráticos em relação aos bancos convencionais.

Também ressaltou que por meio dos bancos digitais, as pessoas não precisam mais enfrentar filas ou passar por diversos setores para resolver alguma situação ou abrir uma conta, visto que tudo é feito com poucos cliques.

Ainda de acordo com o executivo, se antes era preciso ir até uma agência para abrir uma conta ou solicitar um financiamento, hoje é possível resolver tudo por celular. “O formato permitiu aos clientes tratar o seu próprio dinheiro de maneira mais autônoma e independente”, frisou.

E disse mais: a autonomia na hora de movimentar o dinheiro, aliada a taxas mais atraentes em comparação aos bancos tradicionais, fez os bancos digitais expandirem sua base de clientes.

  • Conheça o Eleve CRM, nossa solução para vendas complexas

Bancos digitais: falta de confiança no radar

Segundo o levantamento, as fintechs ainda precisam conquistar a confiança do brasileiro, principalmente porque boa parte da clientela ainda sente falta de interação pessoal.

Também por conta da falta de confiança na segurança, mas vale ressaltar que todos os bancos digitais autorizados pelo Banco Central precisam seguir critérios rigorosos nesse quesito.

 

[pjtech@portaljoinville.com.br]

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *