Águas de São Francisco do Sul coloca em operação ampliação da rede adutora do Saí Mirim

A Águas de São Francisco do Sul acaba de concluir e colocar em operação a nova rede adutora de interligação do sistema de captação do Saí Mirim, o que permitirá aumentar o transporte de água bruta até a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Rocio.  A obra é um complemento ao sistema de captação encontrado pela concessionária quando assumiu a concessão da gestão, ampliação e modernização dos serviços de   abastecimento de água e implantação do esgotamento sanitário da cidade.

 

Águas de São Francisco do Sul coloca em operação ampliação da rede adutora do Saí Mirim
Águas de São Francisco do Sul coloca em operação ampliação da rede adutora do Saí Mirim (Foto: Divulgação)

Com 1.300 metros de extensão, a rede de interligação da tubulação aumentará a capacidade de captação de água bruta de 60 litros por segundo para 90 litros por segundo. A captação do Saí Mirim é uma das principais fontes de água para tratamento do município, sendo também a que sofre menos impacto no período de estiagem, mantendo a boa vazão mesmo em longos períodos sem chuva.

A rede de interligação da adutora integra o conjunto de obras e intervenções realizadas pela concessionária dentro do plano de melhorias para a temporada de verão 2021. “Tivemos um ganho de 50% no volume de água captada para tratamento no Saí Mirim”, destaca Victor Aroeira, gestor operacional da concessionária. Após a conclusão das obras foram realizados os testes de operação da nova interligação, momento em que a concessionária comprovou que a vazão prevista na simulação hidráulica da fase de projeto foi alcançada, validando o sucesso do planejamento e do investimento realizado.

A ETA do Rocio é responsável pelo tratamento do volume distribuído para toda a região insular de São Francisco do Sul. “Esta obra é fundamental para incrementar a oferta de água em todos os períodos do ano, ampliando a segurança operacional do sistema de abastecimento”, acrescenta  Gabriel Buim, diretor executivo da concessionária. Com 315 milímetros de diâmetro, a adutora foi construída em Polietileno de Alta Densidade (PEAD).

As melhorias para a temporada de verão contemplaram também o desassoreamento da represa do sistema de captação do rio Laranjeiras e a dragagem da captação do rio Olaria, importante reservatório de água bruta do município. Com a dragagem do Olaria houve um aumento da capacidade de reservação local, que passou de 16 milhões de litros  para 36 milhões de litros.

 

 

Por: CDL Joinville

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *