Aeroporto de Joinville será privatizado no ano que vem, confirma a Anac

Aeroporto de Joinville será privatizado no ano que vem, confirma a Anac
Aeroporto de Joinville será privatizado no ano que vem, confirma a Anac

 

 

Durante palestra na Associação Empresarial de Joinville (ACIJ) nesta segunda-feira, 16, o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann, confirmou a privatização do Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola. O leilão deverá acontecer no mês de novembro de 2020, uma concorrência internacional chamada de sexta rodada de concessões. Ele foi recebido na entidade em reunião conduzida pelo vice-presidente Adriano Bornschein Silva. Também participaram o secretário de Estado de Infraestrutura, Carlos Hassler, e o superintendente do aeroporto de Joinville, Rones Rubens Heidemann.

 

Clique aqui e confira a apresentação

 

“Entre a publicação do edital e data do leilão serão cem dias de prazo”, informou Glanzmann, ao complementar que a licitação incluirá também os aeroportos de Curitiba e Navegantes. “Os estudos de solo, topografia, ruído, adensamento populacional, hidrografia serão concluídos no final de outubro”. A equipe de técnicos e engenheiros da Anac também analisa para qual lado da pista o aeroporto terá de crescer, falou sobre decretos de utilidade pública de área ao entorno e que há uma pesquisa de satisfação com as pessoas que se deslocam pelo terminal.

O secretário da Anac também confirmou a entrega do Floripa Airport no dia 28, às 17h, com a possível presença do presidente Jair Bolsonaro. “Santa Catarina terá o melhor aeroporto do Brasil. O mais bonito,” destacou. A solenidade oficial será no sábado, no dia 29 abre ao público e inicia com operações no dia 30 de setembro ou 1 de outubro. Durante a exposição destacou as melhorias nos terminais de Guarulhos, Brasília, Natal, Viracopos, Fortaleza e Porto Alegre, este com entrega no dia 19 de novembro.  “Vamos chegar a em 2025 com 200 milhões de passageiros”.

De acordo com Glanzmann é fundamental que as cidades tenham bons números em Produto Interno Bruto (PIB), altos índices de população e grande extensão territorial. “É a receita de crescimento na aviação civil”, citou ao dizer que Joinville possui essas características. Estão previstos R$ 8,6 milhões de investimentos sendo R$ 2,5 milhões aeroportos “médios”, como o do município. Segundo estimativas da Anac, com as privatizações, o Brasil terá um crescimento de 6,51% na movimentação no setor.

 

 

Por: ACIJ

Mais notícias

Educa Mais Brasil

Compartilhe
Entidade:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *